RAMON FERNANDES APRESENTA SUGESTÕES AO PREFEITO ZÉ COCÁ DURANTE VISITA AOS BAIRROS KM 3 E KM 4

Visite nosso Instagram

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Gestantes do Bela Vista recebem "Kit Auxílio Natalidade"



O Kit Auxílio Natalidade contém fralda descartável, saboneteira, trocador, toalha de boca, toalha felpada, dois lençóis de berço, saída maternidade, uma manta, dois pagãos, fralda de tecido, toalha com capuz, meia, dois coelhos, dois pacotes de algodão, cotonetes, dois sabonetes, presilhas para fraldas e banheira e é entregue a gestantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Neste mês de agosto, a Prefeitura Municipal de Jequié, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, realizou a entrega de 22 kits no bairro Bela Vista, em ação realizada pelo Centro de Referência de Assistência Social, CRAS do bairro.

A entrega é feita em parceria com o grupo Voluntárias Sociais da Bahia. O mapeamento das mulheres que tenham direito ao Kit Auxílio Natalidade é feito pelo Cadastro Único - CAD através do NIS e as gestantes são encaminhadas pela Secretaria Municipal de Saúde após dar inicio ao processo de acompanhamento materno, o pré-natal.

Durante o acompanhamento da gestante, são realizadas reuniões periódicas para esclarecimento sobre a importância do aleitamento materno e os cuidados com a gravidez. No oitavo mês de gestação, a mulher recebe o kit, uma ajuda importante na montagem do enxoval do bebê.

Para a coordenadora do CRAS do bairro Bela Vista, Eduarda Barbosa, esta é mais uma ação que busca garantir a dignidade das pessoas: “Quando pensamos em fazer o kit, imaginamos algo que caracterizasse o carinho que o município tem por essas mães e algo que fizesse elas se sentirem apoiadas e valorizadas nesse momento tão importante da vida delas”.

Mãe pela terceira vez, Edilene Gonçalves, de 22 anos, acaba de ganhar um Kit Auxílio Natalidade. Ela também é beneficiária do Bolsa Família. “Sei que agora poderei oferecer algo ao meu filho”, comemora.

Para ter direito ao Kit Auxílio Natalidade, a família deve estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica e inclusa no CAD. No CRAS ou na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, a gestante preenche um formulário para fazer a solicitação formal do auxílio.