Equipe de Futsal precisa de quadra para treinar em Jequié

Visite nosso Instagram

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Crime passional em Jequié: Vítima Elizabete Brito Santos

A recepcionista Elizabete Brito Santos foi morta com um tiro dentro do local de trabalho, na Neuroclínica, localizada na Rua Dom Pedro II, por volta das 8 horas da manhã desta segunda-feira 08/09. Ela foi surpreendida pelo ex-companheiro José Carlos Magno, vulgo Boneco de Olinda, que sacou uma arma e a queima roupa matou,  depois tentando suicídio, sendo socorrido com vida e levado para o HGPV. Segundo a delegada da DEAM, Alexandra Pimentel, o suspeito respondia por porte ilegal de arma e tentativa de homicídio contra a ex-esposa, ele chegou a ficar preso e a ação de advogados fez com que ele fosse solto nos últimos dias, tempo suficiente para tramar a morte de Elizabete Brito Santos.
A justiça solicitou medidas protetivas, onde José Carlos tinha que permanecer cerca de 300 metros de distância da vítima, mas isso na prática não funcionou. Segundo dados estatísticos da Polícia Civil, ha três anos que não ocorrida crimes passionais dessa natureza em Jequié, o último foi no ano de 2011.