Jequié: Inscrições para cursos gratuitos do Programa Desenvolve Jequié 0800 071 1710

Visite nosso Instagram

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Circuito Baiano de Tênis de Mesa realiza sua segunda etapa em Salvador


Incentivar o lazer, a prática esportiva e a preservação ambiental. Estes são alguns objetivos do Circuito Baiano de Maratonas Populares de Tênis de Mesa 2014, que terá sua segunda etapa em Salvador, no dia 30 de novembro, das 8h às 13h. Depois de uma primeira etapa bem sucedida, a estimativa é que o Circuito encerre sua temporada 2014 tendo reunido cerca de 7 mil participantes – incluindo, além da capital, as cidades de Santo Amaro, Feira de Santana e Vitória da Conquista. A Federação Baiana de Tênis de Mesa (FBTM) espera receber na segunda etapa do Circuito, em Salvador, cerca de 2 mil participantes para praticar ou conhecer um pouco mais sobre o esporte. A promoção é da FBTM em parceria com o Ministério do Esporte, Banco BNB e DGEL – Prefeitura Municipal de Salvador. A edição 2014 do Circuito será encerrada no próximo dia 7 de dezembro, em Vitória da Conquista, na Praça da Juventude.    
 Paulo Carneiro também adianta que, devido ao sucesso da primeira edição do Circuito Baiano de Maratonas Populares de Tênis de Mesa, a previsão é que, em 2015, haja continuidade do projeto, passando por cerca de 10 cidades baianas. “A implementação de políticas inclusivas que envolvam a prática esportiva é fundamental e eventos como este servem para que as pessoas percebam a importância do esporte e de como elas podem ter uma vida saudável a partir dele. O tênis de mesa, além de ser um esporte de lazer, também serve como elemento de integração ao promover jogos em praças públicas, estimulando a participação de públicos variados, idosos e pessoas com deficiência”, finalizou.                     
     
A estrutura do Circuito Baiano será montada na Praça Ana Lucia Magalhães (Rua Padre Manoel Barbosa, 444, Itaigarae contará com arena composta por treze mesas profissionais e toldos para receber os participantes. Durante o encontro, que será animado por DJ, também serão distribuídas camisas, água mineral e haverá a doação de mudas de plantas nativas para a Secretaria Municipal da Cidade Sustentável.

O presidente da FBTM, Paulo Carneiro, faz um balanço positivo do Circuito Baiano. “Nosso objetivo com esta ação é promover o entretenimento por meio do tênis de mesa, além de fomentar e interiorizar a prática esportiva no interior do estado. Nossa meta inicial era receber cerca de 4,2 mil participantes, após passarmos por Salvador, Santo Amaro, Feira de Santana e Vitória Conquista. Devemos ter, ao final, a participação de cerca de 
sete mil pessoas, o que demonstra o sucesso do evento”, avaliou.    

Campeões Regionais – Também participam do Circuito atletas de alto rendimento de Salvador e cidades do interior, além de instrutores, que darão todo apoio aos participantes amadores interessados em se aventurar nas manobras do tênis de mesa. Entre os convidados de destaque estão Rafael Campos Rocha, 21 anos, da cidade de Itororó,  melhor atleta na categoria Juventude do Norte/Nordeste; e Gabriela Santiago, 19 anos, atleta de Camaçari, bicampeã baiana na categoria Juventude, e uma das três melhores atletas do Norte/Nordeste.                        

Palestras e Serviços de Saúde – Por meio de uma parceria com o Laboratório Sabin, quem comparecer ao evento contará com alguns serviços de saúde, como aferição da pressão arterial e
 bioimpedância (medição do percentual de gordura corporal e IMC – Índice de Massa Corporal). No espaço, haverá ainda distribuição de folhetos educativos focados na prevenção de diversas doenças. A proposta é estimular hábitos de vida saudável. Outra ação será a realização de palestras interativas gratuitas, que ocorrerão de forma simultânea ao evento esportivo. Profissionais de saúde vão falar sobre os seguintes temas: Como evitar o uso de drogas através dos esportes e Nutrição e alimentação saudável para atletas.  A pesquisadora da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Hitomi Miyamoto, também vai ministrar uma palestra sobre Sustentabilidade Ambiental.          
O presidente da FBTM destaca a preocupação, desde o planejamento inicial do evento, com a questão da sustentabilidade. “A preservação ambiental é um dever de todos, por isso sensibilizamos o público para a importância do respeito ao meio ambiente. Temos a preocupação em trazer para as maratonas populares a questão ambiental e estimular nos participantes a conscientização sobre o impacto dos serviços que causem prejuízo ao meio ambiente”, pontuou Paulo Carneiro.  “As
 ações de prevenção focadas na saúde também são fundamentais”, acrescentou.  


Tênis de mesa ou Ping-pong? O tênis de mesa é um dos esportes mais populares do mundo. Surgido na Inglaterra, na segunda metade do século XIX, possuía vários nomes, entre eles a palavra "ping-pong", batizada pelo maratonista aposentado James Gibb, ao ouvir o barulho das bolinhas batendo em raquetes ocas. Desde então, o termo se tornou o mais conhecido do esporte até os dias de hoje. Em 1921, os adeptos ao esporte decidiram fundar uma associação para registrar as regras oficiais do esporte no País de Gales, quando foram impedidos, pois "ping-pong" já era uma marca registrada. Assim, estabeleceram a nomenclatura "tênis de mesa", e o termo “ping pong” atualmente é utilizado para fins recreativos. As regras inglesas foram aceitas internacionalmente. Em 1988, o tênis de mesa tornou-se esporte olímpico.