Jequié: Inscrições para cursos gratuitos do Programa Desenvolve Jequié 0800 071 1710

Visite nosso Instagram

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Jequié será a Plataforma Logística Multimodal da região

Reunidos ontem 18 de novembro, em Brasília, sobre a implantação da Plataforma Logística Multimodal de Jequié. Com isso, a cidade deve sediar a estrutura baiana no Programa de Revitalização das Ferrovias Brasileiras.
Estiveram presentes na reunião  a prefeita de Jequié, Tânia Britto, o deputado federal Roberto Britto, o vice-governador eleito, João Leão e o presidente da VALEC (empresa pública do Ministério dos Transportes), José Lúcio Machado, Marcelo Aguiar, secretário de Governo de Jequié, Verivaldo Lima, presidente da Associação Comercial e Industrial de Jequié, Dickson Magno, presidente do Conselho Comunitário de Jequié, além de demais autoridades políticas federias, estaduais, da região e municipais, além de lideranças empresariais.
A Plataforma Logística Multimodal é uma antiga luta do município e promessa de campanha da atual prefeita de Jequié, Tânia Britto, que apresentou um demonstrativo simplificado das potencialidades do município, cujo projeto foi fortalecido pelo Governo do Estado da Bahia e aprovado pelo Governo Federal. Com posição geográfica estratégica na região e grande capacidade de suprimento e abastecimento a cidade centralizará o fluxo econômico e financeiro de forma direta e indireta em 24 municípios da Bahia.
A expectativa é que haja a diversificação da economia através do comércio e da indústria de modo a garantir uma elevada capacidade de geração de empregos e de renda. Na oportunidade, o deputado federal reeleito Roberto Britto afirmou: “ungida e sacramentada a instalação da plataforma logística e oficina das máquinas para o povo trabalhador de Jequié e região” e a Prefeita de Jequié falou: “Essa conquista não é somente minha, porque fiz esse compromisso na campanha de lutar para trazer essa plataforma para Jequié, mas essa conquista é do povo de Jequié e região que poderá contar com mais oportunidades de emprego e com isso a economia de Jequié crescerá”.
Vale lembrar que a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), ligando a cidade de Figueirópolis (TO) até o Porto de Ilhéus (BA), passará pelo município e estudos iniciais apontam para um volume anual transportado de 70 milhões de toneladas. Obra do Governo Federal, que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), tem 1.526 km de extensão e visa escoar a produção agrícola e mineral a portos, indústrias e mercado consumidor.
Nos próximos anos, ao sediar a Plataforma Logística Multimodal, Jequié deve se transformar em um grande pólo regional de desenvolvimento social e econômico sustentável.