segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Ipiaú: CGU aponta irregularidades em contrato da Petrobras com ONG



Uma perícia da Controladoria Geral da União (CGU), solicitada pelo Ministério Público Federal (MPF), apontou irregularidades em convênio firmado entre a Petrobras e a ONG Papamel, de Ipiaú, no sudoeste baiano. De acordo com a Coluna Tempo Presente, do A Tarde, a Petrobras repassou R$ 7.667.784,34, mas foram confirmados R$ 5,16 milhões. Do montante auditado pelo CGU, 83% foi contabilizado como prejuízo. Ainda segundo os técnicos, apesar de a Petrobras ter informado que a obra teria sido concluída, a CGU informou que os trabalhos ficaram pela metade. Outro problema é que a ONG Papamel contratou sem licitação a empresa Patrimoni para fazer a obra, mesmo a companhia não tendo experiência em restauração de monumentos. Em resposta ao relatório, a Papamel disse que "foi vítima de uma bem planejada que a ONG foi "vítima de uma bem planejada ação de favorecimento ilícitos com artifícios de formação de quadrilha".