sexta-feira, 6 de março de 2015

Espuma no Rio Jequiezinho pode ser provocado por detergente

Foto/Uberlan Costa



Em matéria publicadas em jornais de São Paulo a espuma produzida no Rio Tiete sempre e proveniente do acumulo de detergente nas tubulações.
Em Jequié esta e a primeira vez que ocorre o fenômeno, que chamou a atenção das pessoas que transitavam na manhã desta quinta-feira (5/3), a grande quantidade de espuma formada no leito do Rio Jequiezinho. O temor das pessoas era em relação a origem do produto e o seu efeito nocivo que possam causados  ao meio ambiente e às pessoas. Dos órgãos ligados ao setor  estão sendo cobradas explicações. 

Segundo relato de ambientalistas de São Paulo a espuma é menos prejudicial à natureza do que a água preta.  De certa forma, essa espuma significa que já voltou a ter oxigênio na água, explica o biólogo Antonio Oliveira.