quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Jequié: Uma cidade esquecida pelos poderes públicos


Completando 122 anos de emancipação política e administrativa  no próximo dia 25 de outubro, Jequié passa pelo descaso administrativo. Ruas no Centro comercial sem pavimentação, conservação do bem público largado ao bel-prazer.
Assim segue Jequié, boca de lobos entupidas, margens do Rio Jequiezinho toma pelo lixo. Uma caminhada matinal de seis KMs é suficiente para perceber o abandono. Calçadas desniveladas, ruas esburacadas, muito lixo, canais de água pluviais tomados pelo mato.
Passando quase três anos da atual administração e nenhuma obra de grande envergadura, o comercio sem motivação. Onde vamos parar! Está é a indagação da população, vivenciamos o dia a dia desta importante cidade da Bahia.
O acumulo de lixo tanto nas margens quanto no leito do Rio Jequiezinho mostra o desprezo público
A foto mostra o descaso com o bem público, uma simples mureta na ponte que liga o centro comercial de Jequié ao Jequiezinho está assim.