quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Vereadores da base do prefeito derrubam o quarto pedido de impeachment em Jequié


O professor José Lientinho colocou dos pedidos de impeachment contra o atual prefeito

07 PublicidadeNa noite dessa quarta-feira (19.fev.2020) na Câmara de Vereadores de Jequié teve entrada mais um novo pedido de impeachment contra o prefeito Sérgio da Gameleira. O pedido partiu do professor José Lientinho dos Santos, que pedia o afastamento imediato do prefeito pelos recorrentes atos de Improbidade administrativa.

A denúncia dava conta de vários contratos realizados pela gestão Municipal, sem o devido processo licitatório, como foi o caso do transporte escolar, fato denunciado inclusive na noite dessa quarta-feira  (19.fev.2020), pelo Tribunal de Contas do Município -TCM ao Ministério Público Estadual.

Além desse motivo, a peça processual trazia denúncias das irregularidades reforma das escolas, das tratativas de propinas realizadas pelo atual  gestor, denunciados na Polícia Federal, além das contas rejeitadas do prefeito no ano de 2017, com prejuízo de devolução de quase R$ 4 milhões ao erário.

Votaram a favor do prefeito e contra o afastamento:

Roque Silva, José Simões, Ramon Fernandes, Marcinho, Pastoleiro, Fiim, Guião, Gutinha, Beto de Lalá e Guina Produções.

Votaram contra o prefeito e a favor do afastamento:
Admilson Careca, Colorido, Laninha, Reges Silva, Joaquim Caíres e Soldado Gilvan

Não votaram:

Tinho por ser presidente, Dorival Júnior, por problemas de Saúde e Ivan do Leite, não compareceu a sessão.

Com essa votação, é o quarto pedido de impeachment que enfrenta o prefeito de Jequié, fato nunca antes ocorrido no município.

Moral da história: Prefeito que tem base forte na Câmara de Vereadores não sofre impeachment.