segunda-feira, 20 de julho de 2020

BNB passa a orientar sobre linhas de crédito no SAC Empresarial

Os empreendedores individuais e os micro e pequenos empresários devem ganhar mais um canal de informação e acesso a produtos financeiros do Crediamigo, programa de microcrédito orientado do Banco do Nordeste (BNB): o SAC Empresarial. O protocolo de intenções que pode viabilizar a cooperação foi assinado nesta segunda-feira (20), entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), e o banco.

“Será uma coisa importantíssima para que as prefeituras e pequenos empresários do interior do Estado tenham orientação e acesso a linhas de crédito. Tomar seu dinheirinho e girar no seu comércio, girar nas atividades comerciais e gerar renda nos municípios baianos”, explica o vice-governador João Leão, secretário da pasta.

De acordo com o superintendente estadual do BNB, José Gomes da Costa, a cooperação será importante para chegar principalmente nos pequenos empreendedores urbanos. “A parceria com o SAC Empresarial vai trazer oportunidade de expandir ainda mais a atuação dos nossos programas de microcrédito e também os programas de créditos para os pequenos empreendedores do setor formal. O estado e os empreendedores ganham muito com este termo. Vamos poder expandir mais e mais negócios”, diz.

Financiamento

A missão do Programa Crediamigo é contribuir para o desenvolvimento socioeconômico dos empreendimentos, por meio de produtos e serviços de micro finança e orientação empresarial, de forma sustentável, oportuna e de fácil acesso. Com a oferta do serviço nos SACs Empresariais municipais, a informação será potencializada levando conhecimento para todo o interior da Bahia através do órgão.

“É de muita relevância essa cooperação entre SDE e BNB, através dos nossos postos do SAC Empresarial. O mais importante é levar informação para a ponta, para quem faz acontecer, que hoje é a micro e pequena empresa na Bahia e no Brasil”, afirma Rodrigo Newton, diretor de Comércio e Serviços e Oportunidades de Negócios da SDE.

Nenhum comentário: