quinta-feira, 30 de julho de 2020

O descaso com o bem público em Jequié deixa a população triste

Passaram  três anos e sete meses da atual administração que ladeava “dinheiro tem não faz porque não quer”, e a Praça Rui Barbosa, a principal da cidade de Jequié não teve os cuidados devidos do poder público.  Bancos despedaçados,  fonte luminosa desativada, piso precisando de reposição. Com a situação do Covid-19, a prefeitura tem virado as costas para muitas obras de manutenção.

Realmente este foi o governo que mais teve dinheiro para gastar, foram mais de R$ 200 milhões de precatórios.

As reclamações vêm de diversas partes da cidade. Praça Brinco de Ouro, Praça da Bíblia dentre outras. Verdade seja dita, houve a requalificação de algumas  a exemplo da Praça do Bolo no Agarradinho, Praça da Criança no São Luiz e a Praça enfrente ao Estádio Waldomirão em andamento.

A tristeza fica para o ex-prefeito Reinaldo Pinheiro que foi o executor do novo projeto da Praça Rui Barbosa e encontra-se destruída.






Nenhum comentário: