sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Transporte alternativo ganhando força em Jequié


Depois da postagem no BZM sobre a “invasão” das vans substituindo os ônibus coletivos em Jequié, houve várias manifestações nas redes sociais sobre o serviço. Segundo nosso seguidores  a deficiência do transporte coletivo tem contribuído deixando uma lacuna e neste momento de pandemia do novo coronavírus Covid-19, o transporte alternativo junto com os trabalhadores do transporte escolar resolveram bater de frente com a oportunidade de realizar o transporte de pessoas mesmo que o setor público ainda não se manifestasse sobre a situação.

Segundo uma representante dos serviços de transporte da Cooperativa  aqui em Jequié, que fazia a linha entre Jequié, Ipiaú, Itagi e outras localidades, o serviço emprega diversos pais de famílias, que estão sobrevivendo do auxilio Emergencial.

“São 25 Vans, todos os motoristas têm habilitação e documentação em dias. A cooperativa de transporte está  dando gratuidade aos idosos e não estão esperando o repasse da Prefeitura. Nos veículos  todos vão sentados e ninguém vai em pé,  tem cinto de segurança para todos os passageiros e os carros higienizados após  todas as viagem.  Uso obrigatório de máscaras. A  capacidade dos  carros são para  16 lugares mais só estar saindo com 10 pessoas, e o preço das passagens é o mesmo valor dos ônibus”, assegura.

Segundo informações a empresa Expresso Rio de contas tem um credito junto a prefeitura Municipal de Jequié no valor próximo de R$ 1 milhão e isso tem prejudicado a permanência da atividade da  empresa.


Nenhum comentário: