domingo, 20 de setembro de 2020

VEREADORES DE OPOSIÇÃO DE JEQUIÉ TRABALHAM NO COMBATE À CORRUPÇÃO



“Combate à corrupção não é tarefa fácil. Exige atitude e persistência”. O comentário é do vereador Soldado Gilvan, um dos vereadores que tem liderado o movimento que motivou a vinda da Polícia Federal e de técnicos da CGU ao município de Jequié na apuração de denúncias de desvio de verbas públicas na esfera da prefeitura municipal, tendo entre os principais alvos o prefeito afastado Sérgio da Gameleira.


As duas grandes operações da Polícia Federal “Old School” e “Guilda de Papel”, segundo o vereador Soldado Gilvan, “revelam a ponta de um novelo de um grande esquema criminoso de corrupções, liderados pelo prefeito afastado Sergio da Gameleira. Muitos desdobramentos ainda estarão por vir. Ainda falta muita coisa”, diz em Nota.

Soldado Gilvan enaltece a atitude e a persistência dos vereadores da bancada de oposição. “Foram muitas idas e vindas à Delegacia da Polícia Federal, em Vitória da Conquista, ao Ministério Público Federal e até mesmo no Ministério da Justiça, em Brasília. Muitas vezes, nosso trabalho era desacreditado por parcela da população. Hoje, com o afastamento do prefeito, percebemos que valeu à pena”, conta. Para o vereador, o prefeito e o grupo dele, subestimaram o poder da fiscalização eficiente e responsável dos vereadores de oposição e confiaram na omissão e fragilidade do judiciário, completou. Enaltece ainda o trabalho feito pela PF, CGU e MPF.

Nenhum comentário: