Homicídio: Acerto de contas no Inocoop termina em morte de ex-presidiário

Visite nosso Instagram

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Herança maldita


Cumprindo agenda em Salvador, o prefeito Zé Cocá  informou que conseguiu reunir os recursos necessários para o pagamento dos salários de dezembro dos servidores efetivos, que foram deixados em abertos pela gestão anterior. 

Essas informações nos foi passada há pouco pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Jequié na qual esclarece algumas questões cobradas neste blog, motivo de grande inquietação dos nossos seguidores. 
A resposta acerca dos salários dos funcionários, sem dúvida alguma, principalmente depois do movimento de hoje, é a mais impactante e de maior alívio para todos. Afinal, chega a quase um mês de atraso salarial; isso significa muitas contas acumuladas, geladeira vazia e pouca perspectiva de resolução. Tudo isso seria mitigado se tivesse havido mais diálogo, respostas mais claras ou,um mínimo de esperança da parte do executivo. Não teriam inclusive, optado por paralisação.
Quanto ao contrato de assessoria contábil, a questão não é apenas o valor altíssimo divulgado pela própria prefeitura. O valor de sessenta mil mensal é alto sim. Se a justificativa for que o citado valor está abaixo e/ou é menor que o de muitas cidades é necessário saber qual cidade. Se uma cidade de 50,60 100 mil habitantes ou cidades como Vitória da Conquista, Itabuna, Ilhéus. Dependendo da comparação pode dá a falsa impressão do baixo valor. Além disso, é sabido que durante sua campanha o prefeito Zé Cocá em seus discursos combateu e fez severas críticas ao mesmo serviço contratado pelo ex prefeito S da G. 
Inclusive o mesmo serviço foi contratado por um valor bem menor do que o contratado agora pela atual gestão. O que todos questionam é: justifica desembolsar dos cofres público quantia tão vultuosa por um serviço que dizia -se desnecessário?





Nenhum comentário: