Zona rural da região de Florestal está sem sinal da Vivo há 30 dias

cabeçario

Visite nosso Instagram

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Mais de 400 mil orelhões serão desativados no Brasil

Por decisão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mais da metade dos orelhões serão retirados das ruas no Brasil. A justificativa do órgão para retirar 461,3 mil unidades, 60% dos 763 mil existentes, seria a falta de utilização que não geram receita que os banque.

Ao site Convergência Digital, a Anatel afirmou que, atualmente, aproximadamente 81% dos orelhões realizam até quatro chamadas diárias por um tempo total de quatro minutos, resultado que define a exclusão dos brasileiros quanto a utilização do aparelho. A grande questão é que o valor arrecadado com as ligações não pagam a manutenção dos orelhões. De acordo com o gerente da Anatel, em 2012 a queda das receitas como os aparelhos foi a 90%. Informações Correio da Bahia.