Vereador João Paulo: Crianças visitam gabinete da Câmara Municipal

Visite nosso Instagram

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Qualificação de manipulares: garantia de qualidade na merenda escolar de Jequié



Aconteceu nesta terça-feira (16), no auditório da Secretaria Municipal de Educação do curso de formação para manipuladores da alimentação escolar. O objetivo do encontro é capacitar os profissionais responsáveis, atendendo a uma determinação e normas da resolução municipal nº 0001/2014 de 12 de agosto de 2014 do Conselho de Alimentação Escolar – CAE, que dispõe sobre o atendimento da alimentação Escolar aos alunos da educação básica, no âmbito do Programa de Alimentação Escolar – PNAE.
A formação foi iniciada em junho com a participação de 220 manipuladores e conveniados como AJECE E APAE. Nesta segunda etapa, cerca de 30 profissionais participaram da formação e receberam equipamentos de segurança, como: toca, luva e avental. Estes equipamentos são fundamentais para garantir a higienização dos alimentos durante o manuseio dos alimentos.

A escolha dos alimentos oferecidos no cardápio das escolas é acompanhada por uma equipe de nutricionistas e fiscalizada pelo Conselho de Alimentação Escolar- CAE. Destes 30% são adquiridos através do programa de Agricultura Familiar.  
De acordo com Paulo Sérgio Almeida Silva, chefe de Divisão da Alimentação Escolar, a previsão é  de que neste ano de 2014, o município de Jequié receba aproximadamente 1,5 milhão através de repasse do Programa de Alimentação Escolar- PNAE, do governo federal para compra de alimentos. No ano de 2013 foram repassados pela união R$ 1.380.000,00 com uma contrapartida do município de 3,5 milhões, cerca de 150% só em alimentos.
Outro investimento do município de Jequié foi aquisição dos equipamentos da linha branca, como fogões e geladeiras distribuídos nas escolas do meio rural. Em 2013 foram investidos 580 mil. Para este ano a estimativa é sejam investidos  cerca de 300 mil reais para atender as 100 escolas do município, 56 na zona rural e 44 na área urbana.
Para Cleideana Pereira Santos, manipuladora de alimentos da Escola Municipal Lagoa Dourada, o curso tem aberto horizontes e pespectivas para o crescimento profissional. “Aprendi muito, hoje entendo melhor como preparar a merenda dos alunos da minha escola", assegurou.
Desde de 2007 a merenda escolar de Jequié estava sendo aprovada com ressalva. Mas, em 2013 com os diversos investimentos, o município conseguiu atender as exigências do Governo Federal, sendo aprovada e requalificada como produto de qualidade ofertado aos alunos da rede.

O secretário de Educação João Magno Chaves tem sido um parceiro na realização dos cursos de formação dos profissionais. “Para a educação, capacitar os agentes que desenvolvem o trabalho é um marco, os nossos manipuladores, chamados de merendeiras, ganham conhecimento que é revertido em garantia da qualidade dos alimentos servidos nas unidades escolar de Jequié”, revelou.