Jequié: Inscrições para cursos gratuitos do Programa Desenvolve Jequié 0800 071 1710

Visite nosso Instagram

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Teatro de fantoches utilizado para os cuidados com a Dengue em Jequié




Jovens de 14 a 17 anos assistidos pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), núcleo do Joaquim Romão/Caixa D’ Água, utilizaram de técnicas aprendidas nas oficinas de bonecos de  fantoches para sensibilizar jovens de outros  núcleos sobre os cuidados com o mosquito transmissor da Dengue e da febre Chikungunya.
O espetáculo denominado “Xô Dengue” é realizado pelos próprios jovens e tem duração de cerca de cinco minutos. A encenação acontece num cenário ornamentado com objetos que são próprios para o acumulo de água limpa, habitat propício para a proliferação do inseto.
Para a coordenadora do SCFV em Jequié, Geisa Calhau, a apresentação tem surtido grande efeito entre os jovens assistidos, que além de realizar tarefas aprendidas nas oficinas, tem a oportunidade de interagir com jovens de outros núcleos. “São mais de 300 adolescentes de várias partes da cidade que terão a oportunidade de trocar experiências e também transmitir informações para seus familiares sobre a prevenção da Dengue e Chikungunya”, disse.
O teatro de fantoches é uma antiga forma de expressão artística originada há cerca de três mil anos. As apresentações foram realizadas na manhã desta terça-feira (10/02), no núcleo do Jequiezinho e Pau Ferro e na quinta-feira (12/02), será apresentado para os jovens dos núcleos do Mandacaru e São Judas Tadeu.