Setembro Amarelo: Instituto Mãos oferece Plantão Psicológico gratuitos

Visite nosso Instagram

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Pré candidato Roberto Pina assegura que não vai barganhar a prefeitura de Jequié."vou governar com honestidade e independência"



BZM: Pina, o que o motivou a disponibilizar seu nome como pré-candidato a prefeito de Jequié para 2020?

Roberto Pina: Todo homem público pensa em ser prefeito de sua terra. Jequié é minha régua e meu compasso. Jequié está perdendo seu potencial econômico, o povo está triste; nas últimas administrações, todos os prefeitos que entraram, barganharam a prefeitura com grupos políticos. A cidade precisa de uma nova proposta de gestão e eu tenho esta proposta. Em meu governo, a prefeitura não terá acordos políticos, governarei para o povo e pelo povo. A vontade popular será a linha do meu governo. Se o povo quiser e Deus abençoar minha candidatura, serei um dos melhores prefeitos da história de Jequié.

BZM: Para que isso se efetive é necessário um habilidoso plano de governo. O senhor tem um? Qual o plano de governo que o senhor tem para governar Jequié a partir de 2020?

Roberto Pina: Temos que governar Jequié para o povo. Já temos, elaborado, um programa de governo que identifica os problemas do município como um todo, a dificuldade que teremos para resolvê-los e os pleitos da população de cada comunidade. Eu conheço Jequié e seus problemas. O nosso programa socioeconômico visa tirar Jequié do tédio, da apatia que consome esta cidade de 160 mil habitantes. O Rio de Contas é uma prioridade, vamos aproveitar as potencialidades turística e hídricas deste importante rio. A construção de novas vias para o crescimento demográfico é necessária. A saúde de Jequié não pode mais continuar refém do Tratamento Fora de Domicílio TFD.
No setor da educação, temos uma nova proposta elaborada por professores que sabem onde estão os pontos negativos das nossas escolas, estaremos atentos à valorização dos professores, à qualificação da aprendizagem e, por conseqüência, prepararemos os alunos; esta é a meta.

BZM: Em seu governo o senhor disse que não quer apoio de deputados e de vereadores. Como o senhor espera conseguir este feito?

Roberto Pina:
Eu quero o apoio de todos que pensam numa Jequié melhor. Para acompanhar meu governo tem de ter os princípios da honestidade, da honradez e pensar exclusivamente em Jequié e sua população. Qualquer deputado ou vereador que imaginar poder negociar a Prefeitura, este não será bem-vindo ao meu governo. Governar Jequié ouvindo a população é muito mais fácil do que barganhar setores. As associações comunitárias desprezadas pelos atuais gestores têm suas reivindicações, elas conhecem de perto os problemas que atingem sua comunidade. Vamos, meu caro repórter, governar com a imprensa. Nosso governo ouvirá o povo, que procura os meios de comunicação, por meio das redes sociais. Quem sabe mais da situação socioeconômica de Jequié do que as entidades civis? Os empresários serão ouvidos em nosso governo. Quem sabe mais do sofrimento do povo do Jardim Tropical, da Baixa do Bomfim, do KM 4, dos novos residenciais, da situação das estradas do que as associações? O nosso governo tem programa de governo. Governaremos com uma proposta diferente.

BZM: Suas considerações finais.

Roberto Pina: Meu caro jornalista, o meu programa de governo é extenso. Sei que nosso espaço aqui é restrito para demonstrar todas as propostas que nosso governo almeja. Portanto, aos poucos mostrarei para a população como pretendo gerir a cidade. Se for eleito, a partir de 2020 mudarei a realidade econômica de Jequié, isso implicará na segurança, no lazer, na saúde e na educação de nosso povo. Vamos governar para o médico e para o gari. Muito grato por este espaço.”