quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Cayan Santana fala depois de 30 dias internado na terapia semi-intensiva do Hospital do Exército em Salvador




O jovem jequieense Cayan Lima Silva Santana, 19 anos, concede entrevista a TV Bahia após passar mais de 30 dias na unidade de terapia semi-intensiva do Hospital do Exército, em Salvador, após ser agredido, na tentar separar uma briga, no início da madrugada desta quarta-feira (03.jul.2019), no bairro de Ondina, na capital da Bahia. O pai do garoto, o advogado Ary Santana, informou que filho assistiu à partida entre Brasil e Argentina, pela Copa América, em um telão, no Bahia Othon Palace, antes da agressão. De acordo com o G1, Cayan, que é estudante de Direito e do Núcleo Preparatório Oficiais da Reserva do Exército Brasileiro, saiu de casa para assistir ao jogo com alguns amigos. Testemunhas afirmaram que ele foi atacado ao tentar separar uma briga entre os amigos e outro grupo.Conheça o caso Cayan Santana aqui!