Zona rural da região de Florestal está sem sinal da Vivo há 30 dias

cabeçario

Visite nosso Instagram

sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Implantação do projeto Zona Azul deixa população dividida em Jequié




A visita do superintendente de transito de Jequié  Luiz Cruz ao programa Jequié Urgente da 93 FM, para falar da implantação do projeto Zona Azul, que visa cobrar taxa de motoristas e motoqueiros,  que passar mais de 2h no estacionamento do centro comercial de Jequié, deixou pelo menos os ouvintes que participaram de uma enquete promovido pela emissora divididos.
Faixa de pedestre invisível, sinalização horizontal e vertical da época do então prefeito Lomanto Júnior e tratamento descortês dos agentes de trânsito de Jequié, foram reclamações dos ouvintes.
A vereadora Laninha Ferreira pontuou algumas falhas do projeto, que não condiz com a realidade financeira do povo de Jequié.  Outros vereadores das comissões de infraestrutura e finanças da Câmara  Municipal de Jequié criticou também o projeto Zona Azul.
O superintendente  alegou que a demora para a implantação de algumas atividades do Sumtran em Jequié  é devido a falta de verbas. Informou que está adquirindo um equipamento para a pintura de faixas de pedestre com licitação também para aquisição de tintas especiais.
As queixas foram maiores que os elogios, a situação das via em Jequié tem deixado motoristas e a população descontentes, “A buracolândia”, esta espalhada por toda cidade, a avenida Franz Gedeon, próximo ao depósito das Lojas  Big e próximo a concessionária da Fiat o piso está precisando da intervenção da equipe especial da Secretaria Municipal de Infraestrutura de Jequié chefiado pelo funcionário efetivo Jorge.
Um leitor do BZM informou que esta semana se acidentou em um saliência,  no piso asfáltico em frente a Soldisbel – revendedor  de cerveja na Avenida Landulfo Caribé. com avarias em sua moto e raladuras nas pernas.