domingo, 10 de novembro de 2019

Jequié: Assassinato da travestir Paula Santos ganha repercussão




Jornais da capital da Bahia e de outros estados da federação repercutiram o assassinato praticado contra o travestir Paula Santas em Jequié encontrado sem vida no Anel Rodoviário Luiz Eduardo Magalhães nas proximidades do Loteamento Sun Ville no último dia 04.nov.2019. No dia 08.nov.2019 o grupo LGBTSOL presidido em Jequié pelo professor de educação física Aroldo Brito, realizou um ato público na Praça Ruy Barbosa.
Segundo o jornal A Tarde, no Brasil, estima-se que a cada 16h uma pessoa LGBT morre de forma violenta, segundo a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). Em Salvador, dois episódios recentes contribuíram para engrossar esta triste estatística: o jovem Rodrigo dos Santos, 23 anos, vítima de um ataque brutal, foi morto no bairro de Fazenda Coutos, na última quinta-feira. Seu corpo foi enterrado na sexta-feira, 8, em meio à revolta e comoção de amigos e familiares.
E na última segunda-feira, 4, uma jovem transexual, Paula Santos, foi encontrada sem vida na cidade de Jequié. Os casos estão sendo investigados. A SJDHDS, junto com a Secretaria de Segurança Pública (SPP) e o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), estão acompanhando os crimes homofóbicos na área de Jequié e Salvador. Veja matéria completa aqui!