quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE ILHÉUS APLAUDEM DE PÉ A ADMINISTRAÇÃO DE MÁRIO ALEXANDRE - JÁ EM JEQUIÉ O PREFEITO É VELADO E SEPULTADO EM MANIFESTAÇÃO



Ato simbólico de funeral e sepultamento do prefeito e vereadores de Jequié. FOTO: Zenilton Meira.

Com o auditório do colégio da Piedade totalmente lotado, o prefeito Mário Alexandre de Ilhéus, ( Marão ), foi  ovacionado pelos servidores públicos municipais, mostrando que o seu governo está trilhando pelo caminho certo. Nunca na história política de Ilhéus, um prefeito teve uma aceitação  tão grande de servidores, com apenas  três anos de mandato.

Acompanhado de assessores e do presidente do diretório regional do PDT, Dr. Cosme Araújo, Marão foi agradecer aos servidores, pelo apoio dado  a sua administração durante estes três anos. Para Dr. Cosme Araújo, este ato mostrou  a credibilidade e o respeito que os servidores públicos têm com o prefeito.  ” Quando o servidor está satisfeito com o governo, é porque o governo está bem e Marão está mostrando isso aqui em Ilhéus, disse Dr. Cosme Araújo.

O prefeito Mário Alexandre, disse que a gestão tem dado uma atenção especial ao servidor e por isso este reconhecimento, ” Fiquei muito feliz, porque o servidor tem reconhecido o nosso trabalho, assim também como toda a cidade. E vamos continuar melhorando a cada dia e dar dignidade e cidadania, para que o nosso povo continue tendo orgulho de ser ilheense”, declarou.

Já em JEQUIÉ, cidade que recebeu mais de 200 milhões de reais de precatórios do FUNDEB, os servidores municipais são perseguidos e maltratados, não somente pelo gestor, como também por "capangas" do prefeito.

Em JEQUIÉ, com arrecadação de mais de 30 milhões por mês, a gestão do Sr. prefeito Sérgio da Gameleira, não consegue pagar os salários em datas certas e até o 13 salário em Dezembro, ocorreu mediante parcelamentos em 30/12 e previsão para 28/01.

A gestão Gameleira, demonstra não somente para os servidores, como para a população Jequieense a sua verdadeira incapacidade de gestão, somado a incompetência administrativa, irresponsabilidade, maldade, má fé, carreado com os maiores indicadores de corrupção de toda a história política do município.

Como prêmio pela péssima administração e tratamento perverso dado aos servidores, na última quinta-feira (26) e sexta-feira (27), a Gestão GAMELEIRA sofreu o maior "baque/tombo" em forma de manifestação organizada pelos servidores municipais contra uma gestão, momento em que ocorreu um ato simbólico de funeral e sepultamento com caixão pelas ruas de JEQUIÉ que simbolizava a  Gestão Municipal, o prefeito e os vereadores que compõem a sua base de sustentação na Câmara Municipal.

Uma vergonha para JEQUIÉ. Lamentável!

Acorda Jequié