terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

TCM APROVA CONTAS DE 2018 DA CÂMARA DE VEREADORES DE JEQUIÉ

Presidente da Câmara de Vereadores de Jequié Tinho de Waldeck

As contas da Câmara Municipal de Jequié, exercício financeiro de 2018, a cargo do vereador Emanuel Campos Silva – Tinho -, foram aprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia, na sessão desta terça-feira (18fev20). O TCM fez pequenas ressalvas quanto a apresentação de relatório de controle interno. As contas do ano anterior também foram aprovadas.
Desde que assumiu a presidência, em janeiro de 2017, Tinho vem adotando medidas impactantes com excelentes resultados na redução de despesas, fato que tem aumentado a capacidade de investimentos da Câmara, colocando a gestão do Poder Legislativo de Jequié em outro patamar. Como resultado de sua gestão à frente da presidência da Câmara, já no início deste ano, vem sendo possível mais uma grande e importante aquisição; a instalação de energia solar para atender as necessidades da Câmara, que será a primeira a ser abastecida por energia solar no País. Além de gerar energia limpa a medida representará uma substancial economia de dinheiro público com a diminuição dos valores das contas de luz.
Outros legados importantes da gestão do presidente Tinho dizem respeito a devolução de aproximadamente R$ 110.000,00 à Prefeitura para investimentos em áreas sociais; regularização dos pagamentos dos impostos
, sendo feito dentro da competência mensal; pagamento, sem atrasar um dia sequer, aos funcionários e prestadores de serviços da Câmara; redução significativa dos gastos com consultorias, contratos e prestação de serviços, sem comprometer a qualidade dos serviços; suspensão de concessão de diárias e do 13° aos vereadores, mesmo sendo legal; congelamento do salário dos vereadores; corte nos salários de faltas não justificadas e cobrança de multas em caso de infração de trânsito; implantação do controle de bordo, o que resultou na redução significativa de combustível, além de acabar com a cota de combustível; reforma e modernização do Plenário, com a instalação de Painel Eletrônico, transmissão ao vivo das sessões; modernização da frota própria de veículos.
“Essas medidas de contenção de despesas nos permitem pagar em dia o terço de férias, o décimo terceiro e todos os encargos sociais dentro do mês, além de nos possibilitar uma maior capacidade de investimentos. No entanto, o principal legado que pretendemos deixar é a construção de um Poder Legislativo forte, representativo, autônomo e cooperador com o desenvolvimento de Jequié. Não vamos medir esforços até o último dia de nossa gestão no sentido de tornar a Câmara cada vez mais transparente e próxima da população, a fim de atender aos seus verdadeiros anseios, mantendo esta Casa como o principal foro de debates da cidade, respeitando a pluralidade, a diversidade de pensamento dos seus membros e dos jequieenses em geral, que encontram no Legislativo, aberto ao diálogo franco e aberto”, destacou o presidente Tinho. (ASCOM CMJ).