Prefeitura de Jequié contesta matéria de radialista sobre a escola Joana Angélica em Itajuru

Visite nosso Instagram

segunda-feira, 20 de abril de 2020

VAMOS REFLETIR E LUTAR: SOLDADO GILVAN FAZ UM BALANÇO DA SITUAÇÃO FINANCEIRA DE JEQUIÉ

A Bíblia escrita há mais de 2 mil anos nos trás verdades inquestionáveis. Leiam e veja uma triste realidade de JEQUIÉ e o que causou esse caos administrativo e financeiro.
Mesmo com uma arrecadação invejável em média de 33 milhões por mês no ano de 2019 que se repetiu nos três primeiros meses de 2020, JEQUIÉ continua no atraso, por quê?
Jequié continua com aposentados no final de abril sem receber seus salários do mês de março. Muitos passando fome em plena pandemia e ouvindo diretamente do Prefeito Municipal o Sr. Sérgio da Gameleira um sonoro " vai pra porra", quando resolveram cobrar;

Jequié continua com servidores efetivos sem receber salários do mês de março até hoje e sem expectativas, sendo duramente perseguidos pelo gestor como nunca antes visto em gestões anteriores;

Os cargos comissionados: trabalhando, muitos na linha de frente do COVID-19, sem um tostão no bolso e sem o recebimento do 13º salário e sem o direito democrático de reclamar e cobrar, sob pena de serem exonerados;

Os REDAS meu Deus! Demitidos de maneira absurda em plena pandemia, com salários do mês anterior sem receber e ainda, sem parte do 13 salário;

Os motoristas de veículos alugados, trabalhando diuturnamente, muitos em estradas perigosas e há 5 meses sem vê a cara de um centavo;


Os motoristas de veículos pesados da infraestrutura e serviços públicos, há 6 meses sem saber o que é levar um pão para os seu filhos;

As empresas de Serviços Públicos LOCAR, EMPESA, que coletam lixo e operam o Aterro Sanitário de Jequié, há 6 e 7 meses sem receber da prefeitura;

A Rio de Contas do transporte coletivo, fornecendo Vale Transportes ao município para estudantes e deficientes físicos, com acumulado da gestão atual de mais de 1.3 milhões a receber. Acabou fechando as portas;

O Instituto de Previdenciária dos Servidores Municipais- IPREJ? fila de mais de 40 pessoas para aposentar e não pode recebê -los, por que o gestor deixa de repassar as obrigações, acumulando uma dívida de mais de 80 milhões, quebrando a Previdência Municipal;

Os guardas municipais, recebeu a visita do presidente do sindicato essa semana, cobrando o pagamento dos salários do mês de março 2020, que não sabem a data do pagamento;

Os servidores municipais com empréstimos bancários, recebendo dos bancos todos os tipos de cobranças, porque eles pagam os empréstimos consignados, retirados dos salários e os bancos não recebem da prefeitura, o que configura apropriação indébita;

O que esse gestor está fazendo com tantos recursos? Cadê o dinheiro de no mínimo dois meses de receita? Por que o acumulado de receita de 2 meses ( 60 milhões) não é suficiente para pagar 11 milhões de folha de pessoal?

O Prefeito alegou que a folha de pessoal estava alta, índice elevado, que precisa de cortes, que era esse o motivo. Fez auditoria, cortou vantagens, cortou por decreto de maneira ilegal, economizou mais de 2 milhões e ainda não consegue ajustar? Como isso?


Cadê o dinheiro que estava aqui?




Dinheiro que com toda a desordem e desgraça da gestão passada, os servidores recebiam dentro do mesmo mês trabalhado, não tinha 200 milhões de precatórios e se arrecadava 5, 6 milhões à menor que hoje. E hoje não pode mais?

O Governo anterior tão criticado e denunciado por esse gestor, quase diariamente nas rádios de JEQUIÉ, que hoje servem exclusivamente a ele (o prefeito de Jequié) e estão todas em um silêncio ensurdecedor.

Rádios com contratos de 20, 15, 10, 8, 5 mil para ficarem caladas. Até algumas rádios comunitárias de bairros. Que serviço vocês donos de rádios estão prestando a sociedade Jequieense?

Mas, como uma cidade ficando cada dia mais pobre, arrasada e a cada dia mais o seu "rei" "gestor" ficando rico juntamente com seus "amiguinhos do rei" que encostaram com suas empresas que viviam quase fechadas e hoje possuem patrimônios milionários, vendendo de tudo ao município?

Os recursos para o combate ao Coronavírus está chegando. Vejamos quais empresas passarão a mão nesse dinheiro: as mesmas dos amiguinhos do prefeito que vendem de tudo. Vão vender álcool, máscaras, aventais, luvas, respiradores, polpas de frutas, ate o que não precisa irão comprar para gastar o dinheiro, assim com esta fazendo com os precatórios. Vamos ficar de olho;

Dos precatórios, meu Deus! Enriqueceu muita gente. A galinha dos ovos de 200 milhões enriqueceu gerações em Jequié...e o povo continua miserável.

Há, antes que perguntem e a Câmara? O que vocês estão fazendo? Por que deixaram esse gestor corrupto fazer isso?

Vou responder: A Câmara em sua MINORIA tem feito o seu papel, denunciando aos órgãos de controle externos como Ministério Publico, Polícia Federal, Tribunal de Contas, Controladoria Geral da União e até mesmo diretamente no Ministério da Justiça em Brasília e fiscalizando diuturnamente. Infelizmente temos uma Câmara com uma maioria que escolheram ser base e defender essa gestão mesmo diante de todos esses problemas e não saem de jeito nenhum.

E, temos um poder judiciário incapaz de barrar todas essas atrocidades, porque o próprio sistema jurídico está debaixo do sistema político ( basta tão somente olhar para o Tribunal de Justiça da Bahia) e temos um Ministério Público inoperante para essas causas de corrupção, pois só vão agir, depois que o prefeito estiver em Miami Beach ou na Costa Espana, rindo da cara de nós Jequieenses com uma taça de vinho nas mãos.




Soldado Gilvan, Vereador (Membro da Bancada da Minoria; Oposição)

Nenhum comentário: