terça-feira, 15 de setembro de 2020

AFASTAMENTO DO PREFEITO POR 60 DIAS TEM O DEDO DOS VEREADORES DE OPOSIÇÃO


As denúncias de supostas fraudes em licitações e desvio de verbas públicas em Jequié foram feitas por vereadores de oposição em 2019, informa a Polícia Federal em comunicado à imprensa. Conforme noticiado, a Polícia Federal deflagra na manhã desta terça-feira (15.09.2020), a Operação Guilda de Papel, que visa à repressão aos crimes de fraude à licitação, fraude a direitos trabalhistas e desvio de verbas públicas em Jequié, segunda maior cidade do sudoeste baiano.

As investigações se iniciaram em 2019, a partir de representações formuladas por vereadores de Jequié, relatando que uma “Cooperativa” teria vencido uma licitação para o fornecimento de mão de obra terceirizada para prestação de serviço para diversas secretarias do município de Jequié.

Segundo as representações, a aludida “Cooperativa” na verdade seria uma empresa intermediadora de mão de obra, travestida de Cooperativa, e estaria cobrando do município de Jequié valores bastante superiores àqueles que eram pagos para os prestadores de serviço, inclusive verbas fictícias, além de estar cobrando pela prestação de serviços de pessoas que jamais teriam integrado os quadros da Cooperativa. Veja vídeo da coletiva do delegado com jornalistas aqui!

Nenhum comentário: