quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Sindicato é contra o fechamento de agência do Banco Itaú em Jequié.




Segundo informações do Sindicato dos Bancários de Jequié e Região, a agência do Banco Itaú/Unibanco, o banco que mais lucra neste país, no segundo semestre teve um lucro de R$ 4,2 bilhões, mesmo em meio à pandemia. Situada na Rua Francisco Alves Meira, 320, em Jequié, a agência será desativada no próximo dia 15 de outubro, conforme aviso fixado na frente da agência, e que surpreendeu os clientes.

Para Fabiano Miranda, presidente da entidade, "O anúncio do fechamento da unidade do Banco Itaú/Unibanco, demostra sua irresponsabilidade social e descaso com clientes e a sociedade jequieense, e anuncia o fechamento da agência no mês em que se comemora o aniversário da cidade, antecipando um presente de grego", disse. Ele acrescenta, "Na contramão das recomendações da OMS, de não aglomeração e manutenção dos distanciamento, o Banco Itaú/Unibanco cria situação que favorece a aglomeração". 

Com o fechamento da agência da Francisco Alves Meira, todas as contas serão concentrada uma única agência, no centro da cidade. O Itaú/Unibanco detém as contas da prefeitura, sendo esta o seu maior correntista, e conta também com as contas dos servidores públicos municipais e portanto a prefeitura, tem respaldo para exigir a manutenção da agência, evitando o congestionamento, a aglomeração e a contaminação de clientes e usuários pelo novo coronavírus.

Para o Presidente do sindicato, Fabiano Miranda, tal ação demostra que o banco não tem coração e sim um cofre no lugar, depois de sugar a população e servidores com altas taxas de juros, tarifas exorbitantes, o Banco os abandonam, e no momento que o município mais precisa. "Agora vem a sobrecarga que recairá na costas dos bancários e bancárias que não terão condições de oferecer um atendimento de excelência e nem espaço físico para comportar o contingente de clientes. O atendimento chega a ser desumano", salientou.

"Não dá mais para aceitar essa política dos banqueiros, entra e sai sem nenhuma responsabilidade social e nem com o município. Os Poderes Executivo e Legislativo tem que entrar no circuito para impedir o fechamento da agência do Itaú/Unibanco, da Francisco Alves Meira, saindo em defesa dos clientes, empresários e servidores que usam aquela agência para fazerem suas operações, descongestionando a agência da Rua da Itália", pontuou.

Pedimos ao Prefeito Municipal de Jequié que tome as providências necessárias e evite o fechamento dessa agência na nossa cidade, reivindica o Presidente do Sindicato dos Bancários de Jequié e Região.

Nenhum comentário: