Setembro Amarelo: Instituto Mãos oferece Plantão Psicológico gratuitos

Visite nosso Instagram

terça-feira, 23 de março de 2021

Joaquim Caíres propõe transformar Região de Florestal numa importante área de Ecoturismo



A solicitação de um estudo de viabilidade econômica, a fim de transformar a Região de Florestal numa importante área de Ecoturismo, foi apresentada pelo vereador Joaquim Caíres em Requerimento (21/2021) em que defende a promoção de uma verdadeira transformação socioeconômica de Jequié a partir de iniciativa como esta, capaz de fomentar a economia com a criação de oportunidades de trabalho e renda.

Para Joaquim Caíres, a ausência de políticas públicas de incentivo à produção vem atrofiando a Região de Florestal, uma das mais ricas localidades do Município. “Para tentar reverter a atual situação de desolação de produtores e trabalhadores rurais, recomendamos a realização de um amplo estudo macro regional, a fim de viabilizar a instalação de empreendimentos do segmento do ecoturismo um dos mais promissores do Estado”, pontuou.

O vereador coloca que esses empreendimentos podem ser feitos pelos próprios produtores rurais, isoladamente ou em sistema de parceria, como forma de diversificar a economia local. Como é do conhecimento de todos, a região de Florestal é detentora de belezas e riquezas naturais; de infraestrutura para a implantação de Hotéis Fazendas, por exemplo; bem como é possuidora de uma excelente localização, estando a poucos quilômetros de três importantes Rodovias Federais: BRs 101, 116 e 330.

O extraordinário potencial de toda extensão da Região de Florestal - aguadas, morros, trilhas, atividades do campo, pode ser aproveitado para a promoção de atividades capazes de gerar centenas de empregos, em curto prazo, desde que sejam implementadas políticas públicas voltadas para o setor do Turismo Rural.

Além disso, tais medidas seriam importantes também pelo seu caráter preservacionista, haja vista que os projetos do Ecoturismo são desenvolvidos em conformidade com atitude que visem à manutenção das reservas naturais.


Nenhum comentário: