Zona rural da região de Florestal está sem sinal da Vivo há 30 dias

Visite nosso Instagram

sexta-feira, 30 de abril de 2021

Beneficiária do Auxilio Emergencial reclama de vendedores de vaga na fila da Caixa Econômica Federal


Como não bastasse a humilhação de ter que enfrentar longas filas para receber o auxilio emergencial, os beneficiados tem que conviver com os vendedores de vaga na fila da Caixa Econômica Federal em Jequié. Leia a denuncia que recebemos de uma seguidora do BZM.
"Bom dia, Zenilton. Não gostaria que você publicasse meu nome, pela confiança que tenho no seu trabalho como blog de jornalismo e notícias da cidade. Queria narrar um fato que aconteceu com uma colega de trabalho ontem na agência da Caixa Econômica Federal do centro. A colega chegou às 5h e tinha em torno de 10 a 15 pessoas na frente dela. Quando as horas foram passando ela observou que era empurrada para trás e ao averiguar algumas horas depois, tinha dezenas de pessoas na fila. Ela saiu do seu lugar para verificar com as pessoas que estavam desde às 5h, que chegaram antes que ela e ouviu rumores de que um casal estava vendendo várias vagas na fila da Caixa, inclusive mais de uma por vez. A minha colega tentou esclarecer a situação com o referido casal e foi até ameaçada de morte. Se for possível, acho que vale a pena trazer a público essa questão, pois muitas pessoas estão se prejudicando", relatou.
Em Jequié isso virou tradição, desde a famosa fila do INPS, que só terminou quando uma pessoa assassinou outra. Aqui na fila do Bolsa Família tem vendedores de vaga dentre outras entidades.

Nenhum comentário: