Setembro Amarelo: Instituto Mãos oferece Plantão Psicológico gratuitos

Visite nosso Instagram

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Hassan Iossef diz preparado para assumir uma cadeira na ALBA

Hassan Iossef tem bagagem para assumir qualquer compromisso político Foto: Bahia.ba


Segundo o radialista Marcos Frahm, em sua análise política, escreveu em seu conceituado Blog um desenho dos próximos momentos políticos "Em vias de apresentação dos nomes que ocuparão os holofotes na disputa por uma vaga à Assembleia Legislativa da Bahia, o secretário de Governo da Prefeitura de Jequié, Hassan Iossef, tenta pavimentar o caminho de uma candidatura para representar o grupo político liderado pelo prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP), que é, também, presidente da UPB e presidente do CIMURC, consórcio do Médio Rio de Contas.

Empresário do setor imobiliário e de família de comerciantes, em Jequié, Hassan tenta ocupar espaços com o respaldo de Cocá e, é claro, com a visibilidade que o cargo de secretário de uma das prefeituras mais importantes do interior baiano lhe oferece.

Ex-vice-prefeito, Hassan também foi prefeito interino de Jequié e foi a principal figura que fez intermediação entre o então deputado estadual Zé Cocá e pessoas do setor comercial da cidade, no período de pré-campanha, em 2020, quando Cocá, ex-prefeito de Lafaiete Coutinho fazia suas primeiras articulações para viabilizar candidatura a Prefeitura de Jequié. Na atual gestão municipal, Hassan vai de tímido a homem de confiança de Cocá, pois tem sido o mais consultado nas tomadas de decisões do prefeito.

Contudo, sua movimentação como provável candidato a deputado estadual mexe com as estruturas do grupo, uma vez que outros nomes já vinham sendo postos como possíveis candidatos a uma vaga no coração de Zé Cocá, como é o caso de Patrick Lopes, prefeito de Jitaúna e do ex-prefeito de Jaguaquara, Giuliano Martinelli, este que no último sábado (24) foi visto em foto abraçado com o presidente da UPB, ao lado do cacique do PP e vice-governador da Bahia, João Leão, depois de declarar ruptura com o grupo governista.

Segundo se comenta em Jaguaquara, a foto registrou um pedido de paz entre o ex-prefeito e o grupo comandando pelo presidente do PP, mas interlocutores de Zé preveem que não será uma tarefa fácil convencer Cocá a defender a bandeira de Martinelli, que teria feito foto com o presidente do DEM, ACM Neto, e ainda fez declarações em emissoras que estremeceram uma relação que já não ia bem.

O fato é que, Hassan, que assiste a birra de Giuliano e as pretensões de Patrick de camarote, vem dando passos em direção a se tornar o escolhido de Zé para representar o grupo nas eleições de 2022. Imagens que circulam pela rede social mostram as articulações do secretário de Governo, que já se reúne com lideranças", disse.




Nenhum comentário: