Setembro Amarelo: Instituto Mãos oferece Plantão Psicológico gratuitos

Visite nosso Instagram

domingo, 12 de setembro de 2021

NOTA DE ESCLARECIMENTO – Atraso do pagamento de funcionários do Consórcio Imaster/Bahiagás

 

A Companhia de Gás da Bahia – Bahiagás esclarece, acerca da nota veiculada sobre o atraso do pagamento dos funcionários do Consórcio Imaster, formado pelas empresas Tecmaster e IM Construções, que possui realmente contrato assinado com a empresa, que venceu o processo licitatório para a execução dos serviços de Construção e Montagem das obras remanescentes do Trecho 1(Itagibá-Jequié) do projeto Gás Sudoeste – Duto de Distribuição de Gás Natural do Sudoeste.

A Bahiagás ressalta, no entanto, que vem cumprindo, rigorosamente, com todas as suas obrigações contratuais com a referida empresa. Não havendo, por parte da Companhia, nenhuma pendência no referido contrato.

A Bahiagás informa,ainda, ter conhecimento das dificuldades enfrentadas pela contratada no cumprimento das suas obrigações e ter buscado, por meio do diálogo aberto, encontrar alternativas justas e viáveis para garantir o enquadramento da empresa ao acordo firmado entre ambos.

O projeto Gás Sudoeste faz parte da diretriz estratégica de interiorização da atuação da Companhia. Com extensão prevista de 306 km, o empreendimento será o maior duto de distribuição do Nordeste e é o maior em construção do país, interligando os municípios de Itagibá e Brumado, passando por 12 localidades e gerando impacto em toda a área de abrangência do projeto. O duto atenderá grandes mineradoras, indústrias, postos de combustíveis, estabelecimentos comerciais, hotéis e residências.

O objetivo do projeto é o de contribuir com o desenvolvimento socioeconômico da região, que é estratégica para o crescimento do estado da Bahia, principalmente por causa das grandes mineradoras instaladas, dentre muitos outros aspectos. A oferta de um energético ecologicamente mais limpo e economicamente mais vantajoso para as empresas torna a região ainda mais atrativa para a instalação de novos empreendimentos.

A Companhia, fundamentada pelo respeito e pela ética, reafirma ter buscado, desde sempre, soluções para as questões apresentadas, visando ao restabelecimento da normalidade na vida dos trabalhadores contratados pelo Consórcio Imaster.

Um comentário:

Unknown disse...

Deram um calote na gente e foram embora deixando muitos pais e mães de família com salários atrasados com contas vencidas, sem o pão na mesa
Quem veio de outros estados tiveram até dificuldade de retornar pra suas casas .
Nem o sindicato SINTEPAVI E NEM O MINISTÉRIO DO TRABALHO não tomao providencias em nosso favor