Até que o problema seja reparado, a população poderá solicitar o SAMU através dos números: (73) 98236-8194 (73) 3527 2036

Visite nosso Instagram

segunda-feira, 4 de outubro de 2021

O WhatsApp afirmou que “está investigando as causas da queda dos aplicativos "

 

Em seu perfil oficial no Twitter, o app de mensagens completou que “está ciente de que algumas pessoas estão enfrentando problemas com o WhatsApp no momento”. “Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal e enviaremos uma atualização aqui assim que possível”, diz o post.

Facebook também usou o Twitter para se posicionar sobre a situação.

“Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente”, disse a empresa.

Instagram, por sua vez, afirmou que a rede social e “seus amigos estão passando por um momento difícil”. “Tenha paciência conosco, estamos trabalhando nisso”, disse a empresa.

O que aconteceu?

Nenhum dos aplicativos explicou qual o problema, e o motivo da interrupção não foi imediatamente esclarecido. No entanto, vários especialistas em segurança apontaram rapidamente para um problema de Sistema de Nomes de Domínio, conhecido pela sigla em inglês DNS, como um possível culpado.

Por volta das 13h no horário do leste dos EUA, a ThousandEyes, divisão de análise de Internet da Cisco, disse no Twitter que seus testes indicam que a interrupção se deve a uma falha contínua de DNS. O DNS traduz nomes de sites em endereços IP que podem ser lidos por um computador. Geralmente é chamada de “lista telefônica da Internet”.

Segundo o site DownDetector, que monitora sites e apps que não estão funcionando, 38% dos problemas mais notificados no WhatsApp têm relação com o envio de mensagens, bem como no Messenger, enquanto os feeds do Instagram e do Facebook não carregam.

Fabro Steibel, conselheiro da MIT Sloan Review Brasil e diretor-executivo do Instituto de Tecnologia e Sociedade (ITS) explica que o Facebook tem um plano de resiliência, ou seja, de absorver eventuais problemas técnicos para uma retomada imediata do sistema.

“Mas um problema de infraestrutura pode estar causando esse longo período fora do ar. Isso só pode ser cravado após análise técnica.” Fabro também não descarta possíveis ataques hackers.

Nenhum comentário: