Programa "Morar Melhor" inicia reforma de mais uma casa na Rua Nestor José dos Santos em Jitaúna

Publicidade

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2022

Soldado Gilvan propõe asfaltamento das Ruas João Araújo Garcia, Antônio Alves de Melo e Manoelito Rebouças



Há muito tempo os moradores do Itaigara clamam ao Poder Público por pavimentação de ruas. Sensível a situação, o vereador Soldado Gilvan apresentou, na Câmara Municipal, proposta em que reivindica investimentos nas Ruas João Araújo Garcia, Antônio Alves de Melo e Manoelito Rebouças.

Em sua justificativa, o vereador destaca que essas obras, além atender aos anseios daquela comunidade, também facilitará o escoamento de águas pluviais, proporcionará um melhor acesso às residências e, por conseguinte, a valorização dos diversos imóveis ali existentes.

Segundo Soldado Gilvan, a falta desse melhoramento tem ocasionado sérios transtornos e prejuízos aos moradores. “Em tempos de chuva fica impossível o acesso a essas artérias”, observa.





2 comentários:

Benedito Freire Sena disse...

O soldado Gilvan votou e assinou embaixo a venda do imóvel que alberga a Biblioteca . Optou pela futura implosão de um espaço que requalificado seria uma usina para preparar os nossos jovens para enfrentar o mundo . Apostou no sonho do alcaide que quer ficar na história como o construtor do Centro Administrativo . E possível que vejamos no futuro a Câmara lá em cima no Alto da Balança , com pompas e circunstáncia , gabinetes panorâmicos para assistirem de camarote jovens trocando tiros pelo centro da cidade por absoluta ausência de políticas voltadas para o enfrentamento da vida .Também teremos mais assessores para os edis

Benedito Freire Sena disse...

Apenas para lembrar o Prédio em questão sempre teve destinação específica , é só verificar o projeto da desapropriação , ver nos anais da casa os convites para a sua inauguração , a lei que transfere a responsabilidade da cultura para educação , perguntar aos taxistas que fazem ponto ali e ao povo em geral . O parecer de V. Excia com a aquiescência das excelências dos seus pares beira ao ridículo e fere a inteligência dos seus eleitores