Radares e Câmeras no trânsito de Jequié estão ativados desde o dia 8 maio de 2022

Publicidade

quinta-feira, 10 de março de 2022

Chinês TONGSHENG JIANG encontrado morto em Jequié

 

Peritos estiveram no apartamento localizado na Rua Santo Antonio Foto: Print Rede Social

Corpo de chinês encontrado morto em Jequié foi sepultado


Foi sepultado na tarde de ontem (09), o corpo do Chinês Jiang Tongsheng, 35 anos. O mesmo foi encontrado morto em um edifício na Rua Santo Antônio, centro de Jequié. A princípio o corpo seria levado para ser cremado em Salvador e as cinzas levadas para seu país de origem, mas, acabou sendo sepultado em um cemitério aqui na cidade de Jequié. A polícia civil continua investigando o caso.

ATUALIZAÇÃO: Segundo informações o corpo foi encontrado com vários ferimentos,  inclusive com um grande corte na barriga. O chinês que tinha loja de produtos importados na Rua Félix Gaspar, centro comercial de Jequié,  morava no apartamentos com um casal e uma criança. O corpo será levado para o país de origem

O jovem chinês encontrado morto na manhã de hoje (05), em Jequié, foi identificado como TONGSHENG JIANG, 35 anos. O mesmo trabalhava em uma loja de produtos de utilidades na Avenida Felix Gaspar. Segundo informações, ele morava no apartamento com outras pessoas. Segundo o passaporte do mesmo, ele estava no Brasil desde 2018 e era natural de Xangai, China. 

A polícia técnica encaminhou o corpo para o Instituto Médico Legal de Jequié (IMLJ).


 Aguarde mais informações a qualquer momento aqui!


4 comentários:

Unknown disse...

Misericórdia, vai ser o estopim para uma guerra com a máfia chinesa na cidade, a maioria dos chinas e japas no Brasil são integrantes de uma máfia.
Danou-se!!

Unknown disse...

nossa que horror jequié tá demas na violência

Joao Marcello disse...

A yakosa vai agir em Jequie para vingar esse
Crime.

Unknown disse...

Cristo tem poder, nossos jequieese são mortos todos os dias, e ninguém faz nada.
Gostaria muito de saber quem é porque matam as pessoas, más não com guerra e violência, chega de violência de podermos vidas.