Radares e Câmeras no trânsito de Jequié estão ativados desde o dia 8 maio de 2022

Publicidade

sexta-feira, 4 de março de 2022

NEUROCIRURGIÕES DO HGPV REALIZAM INTERVENÇÃO CIRÚRGICA NA FASE AGUDA DE UM ANEURISMA CEREBRAL COM MENOS DE 06 HORAS DE ADMISSÃO.


As doenças cerebrovasculares são consideradas a terceira causa de mortalidade no Brasil, em sua maioria são associadas ao acidente vascular cerebral (AVC) que pode ser classificado como isquêmico ou hemorrágico. Os AVCs hemorrágicos podem ocorrer em diversos espaços, no cérebro, tronco cerebral ou meninges, atingindo a membrana aracnóidea, dando origem a uma hemorragia subaracnóidea (HSA) que representa cerca de 10% de todos os AVCs. 

A HSA tem como principal etiologia a ruptura de aneurismas saculares. O aneurisma cerebral é a dilatação da artéria enfraquecida causada, em parte, pelo aumento da pressão sanguínea. A apresentação clínica mais comum da hemorragia subaracnóidea é a cefaleia, usualmente descrita como a pior da vida e a mortalidade é cerca de 50% nos primeiros 30 minutos.

Para diagnosticar os aneurismas intracranianos, é importante realizar exames, como a tomografia do crânio, ANGIOTOMOGRAFIA e ARTERIOGRAFIA. O tratamento definitivo do aneurisma, por sua vez, é fundamental, seja por meio cirúrgico ou endovascular. O diagnóstico de hemorragia subaracnóidea aneurismática e, por conseguinte, intervenção cirúrgica na fase aguda melhoram consideravelmente a sobrevida dos pacientes acometidos.

Nessa Semana DR. ROGÉRIO FIGUEIREDO e DR. SILVÉRIO CALAÇA neurocirurgiões do Hospital Geral Prado Valadares, realizaram uma intervenção cirúrgica na fase aguda para tratamento de aneurisma cerebral roto em tempo recorde, com menos de 6h da admissão, salvando assim à vida do paciente que segue clinicamente bem, em ventilação espontânea e com melhora neurológica.

A Diretora Geral Ana Paula Camargo e o Diretor Administrativo Neffison Santana desde que assumiram o Hospital Geral Prado Valadares em Janeiro de 2021, têm buscado junto ao Governo do Estado a implantação e ampliação de novos serviços visando assim à melhoria e crescimento da unidade.

Texto por Dr Rogério Figueredo 

Fonte - ASCOM HGPV

Nenhum comentário: