Joaquim Caíres quer marcação e agendamentos de exames e consultas por meio digital na rede de saúde

Publicidade

terça-feira, 31 de maio de 2022

Você é a favor ou contra a tradicional Alvorada em louvor a Santo Antonio

 


Hoje dia 31 de maio de 2022, depois de dois anos sem realizar a Alvorada em louvor ao tradicional festejo de Santo Antonio em Jequié. -devido a pandemia- Diversos ciclistas,carros de passeio e atletas saíram pela principais ruas da cidade, acordando a população, anunciando os festejos com fogos de artifícios e um padre eufórico gritando "Anda não estou ouvindo as buzinas, estão muito fracos", conclamando aos fieis e não fieis para as festividades.

Hoje pela manhã recebemos vários videos e imagens de leitores e seguidores do blog www.zeniltonmeira.com para reclamar, principalmente de pessoas que tem parentes enfermos nas clinicas de saúde do entorno da igreja de Santo Antonio. Os proprietários de animais também reclamaram dos estouros dos fogos as 5h. Inclusive pedindo para que a organização do evento não fazer a tradicional queima de fogos depois da missa durante o trezenário.

O tradicional e o direito ao silencio estão entrando em choque na cidade de Jequié, uma cidade que ao longo dos anos vem cobrando das autoridades politicas e eclesiasticísticas o bom senso para respeitar este novo momento.

Deixe aqui a sua opinião! assim podemos contribuir com mais esta discussão na cidade. Que esta reflexão seja estendida para outras partes da cidade.  


6 comentários:

Gilberto Tourinho Lapa disse...

Acho um desrespeito a quem ainda está descansando para trabalhar... qué fazer "alvorada" faça em horário que não incomode as pessoas...

Inspetor Braga Costa disse...

Os indignados precisam entender um pouco mais da legislação vigente, pois o horário de sossego noturno é entre as 22h e as 5h. Não há transgressão em realizar eventos, com maior alcance sonoro, a partir das 5h da manhã. Todos se esquecem tolerantes com os bares e demais eventos, inclusive religiosos e políticos, que exorbitam o horário legal e avançam noite adentro, seja no parque de exposições ou nas praças e templos.

Ene Lélis disse...

Totalmente a favor. Uma tradição "secular" desta não deve ser banida por razões injustificáveis de alguns, que se forem analisadas não merecem crédito. Reflitam: UMA VEZ no ano o nosso Padroeiro é comemorado, os "questionadores" se acham incomodados, mas entre os "ditos cujos" provavelmente tem alguns que nos festejos juninos EXPLODEM suas bombas até altas horas, esquecendo que tem os vizinhos que não estão presentes em suas festas . Que a "carapuça" assente em quem de direito.VIVA SANTO ANTÔNIO!🙏

Marcelo France Fotografias Especiais disse...

O que venho percebendo é uma geração que esta cada vez mais "sensível" e "intolerante" cheia de "vontades" que olham cada vez mais para seus próprios umbigos ....Todos que reclamam hoje nasceram e cresceram assistindo esta tradição centenária… não vejo nenhum movimento para outros eventos que são mais constantes… Em minha opinião toda celebração ordeira deve ser mantida sempre !!

Cidabrito disse...

Estamos passando momentos difíceis apos pandemia e bom ter as tradição de volta quanto a questão do barulho isso deve haver um diálogo antes dos festejos com os organizadores e representantes da comunidade.

gilneyparson disse...

Sou contra. Um barulho dos inferno assista crianças e idosos polui o ar sempre fui contra. E outra tem hospital ali perto