Lula na Bahia: Vinda do ex-presidente a Salvador para as atividades em homenagem ao 2 de Julho

Publicidade

domingo, 12 de junho de 2022

Em Teixeira de Freitas, Jerônimo fala sobre vida de resistência e diz que vai continuar governando para quem mais precisa

A Caravana Mais Bahia, que está levando o time de Lula aos 27 territórios de identidade do estado, realizou o 14° encontro com o pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, Jerônimo Rodrigues, neste sábado (11). "Temos que continuar governando para os que mais precisam", afirmou o petista em Teixeira de Freitas, na plenária que ouviu demandas da população do Extremo Sul para formulação do Programa de Governo Participativo (PGP). 

"É uma marca de resistência chegarmos onde chegamos, carregando as dificuldades. Cada um de nós sabe o que passou. Eu nasci numa casa sem energia elétrica, sem água tratada, mas todos merecem uma vida digna, é um direito", acrescentou Jerônimo, que disse ter aprendido com o ex-presidente Lula, com o governador Rui Costa e com o senador Jaques Wagner a trabalhar cuidando de gente.

No encontro, que teve a participação do senador Jaques Wagner (PT) e do pré-candidato a vice-governador Geraldo Júnior (MDB), Jerônimo disse que tem a "postura de quem sabe ouvir, de quem tem a humildade de escutar". Nessa escuta do Extremo Sul, ao menos duas demandas deverão fazer parte do programa de governo: a duplicação da BR-101, que será feita em diálogo com Lula a partir de 2023, e a implantação de um novo aeroporto na região. Nove prefeitos, cinco vice-prefeitos, cinco ex-prefeitos e dezenas de lideranças políticas também estiveram no evento, que recebeu cerca de 5 mil pessoas. 

O senador Jaques Wagner destacou a importância da parceria com o presidente Lula para recolocar o Brasil no caminho do trabalho e da dignidade. Para o ex-governador, este ano, as eleições serão como um "Ba x Vi, um Fla x Flu", pois estarão em disputa os projetos de Lula, maior presidente da história do Brasil, contra o projeto do atual presidente, do desemprego, da inflação e da fome. Na oportunidade, o petista comentou sobre a ausência de Otto Alencar, pré-candidato à reeleição ao Senado, que acompanhou pela internet a plenária em razão de um procedimento clínico realizado pela manhã em Salvador. Wagner também falou sobre a união do time de Lula na Bahia e disse estar confiante na vitória no primeiro turno.

Nenhum comentário: