Jequié: Vereadores de oposição não compareceram na sessão para tomar R$ 25 milhões de empréstimo do BB

Publicidade

sábado, 30 de julho de 2022

Otto Alencar é confirmado candidato ao Senado; Compromisso com o povo da Bahia

 



O senador Otto Alencar (PSD-BA) teve a sua candidatura à reeleição confirmada em convenção da Chapa Juntos pela Bahia, neste sábado (30/7), realizada no Parque de Exposições, em Salvador. Em sua fala, ele destacou com veemência o respeito às mulheres, defesa dos trabalhadores, da democracia, da vida, luta contra o negacionismo e o total compromisso de continuar o trabalho em sintonia com os anseios do povo baiano para que o Estado possa continuar se desenvolvendo e avançando.

Na convenção, foram homologados os nomes do ex-prefeito de Ibotirama, Terence Lessa (PT), como primeiro suplente de Otto Alencar e da vereadora de Campo Formoso, Hildinha Menezes (PSD), como a segunda suplente.

A Chapa Juntos pela Bahia é encabeçada pelo candidato ao governo Jerônimo Rodrigues (PT) e vice-governador, Geraldo Júnior (MDB). Também foram confirmados, na convenção, os nomes dos candidatos a deputado federal e estadual nas eleições deste ano.

“Sou municipalista e municipalizei de vez a minha aliança com os meus amigos que vão caminhar comigo nessa reeleição. Quero agradecer a Deus todo poderoso por estar com vocês aqui hoje. A todo o povo que se reúne nessa manhã. Viemos de metrô, atravessamos toda a Avenida Paralela. Chegamos aqui com muito entusiasmo, mas sobretudo com muita gratidão”, afirmou.

 Milhares - A convenção que homologou os nomes da Chapa Juntos pela Bahia reuniu milhares de pessoas no Parque de Exposições. No evento, já candidato à reeleição ao Senado, Otto Alencar, voltou a citar que o Brasil precisa superar o grave momento econômico, social e político.

 “Estamos atravessando a pior crise institucional, econômica e social. São 10 milhões que perderam o emprego com carteira assinada, 39 milhões na informalidade, a inflação na lua, o dólar subindo. E, de última hora, o presidente da República faz um projeto para enganar de novo quem passou mais de dois anos comprando gasolina, gás de cozinha e diesel nas alturas”, ressaltou.

Luta contra carestia - Otto Alencar destacou a sua luta no Senado para garantir, no início da pandemia, R$ 600,00 de ajuda aos brasileiros necessitados em decorrência da crise econômica agravada pelas políticas públicas adotadas pelo governo do presidente, Jair Bolsonaro.

 “Agora, ele vem de mansinho querer enganar de novo o povo e o povo da Bahia não vai se enganar. Jamais vai se enganar. Nós lutamos, ao lado de todos nossos amigos para poder dar condição na pandemia de ter o auxílio emergencial de seiscentos reais. Mas o presidente mandou R$ 200,00. Nós aprovamos, R$ 600,00. Perversamente, ele diminuiu para R$ 300,00 e só agora vieram os R$ 600,00”, disse.

 De acordo com Otto Alencar, não é aceitável um País como o Brasil, um dos maiores produtores de alimentos e grãos do mundo, ter milhares de pessoas passando fome”. Segundo ele, eleger o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, é fundamental para que o Brasil saia do mapa da fome novamente e gere mais emprego e renda.

 “Quem tem trabalho sai da fome porque tem salário para sustentar a família”, disse. “Vamos juntos, com a força do povo, eleger Lula presidente”, salientou. 

 Na convenção, Otto Alencar destacou ainda sua luta em defesa dos trabalhadores e lembrou que votou contra as reformas da previdência e trabalhista, que retiraram direitos fundamentais e penalizaram aposentados, pensionistas e o conjunto da classe trabalhadora.

Nenhum comentário: