Programa "Morar Melhor" inicia reforma de mais uma casa na Rua Nestor José dos Santos em Jitaúna

Publicidade

sexta-feira, 12 de agosto de 2022

Em encontro com setor empresarial, Jerônimo afirma que “quanto menos o Estado interferir nos negócios, melhor”.

Candidato a governador pelo PT se reuniu com empresários e representantes do setor produtivo baiano


Candidato ao governo do Estado com apoio de Lula, Jerônimo Rodrigues (PT) garantiu nesta quinta-feira (11), durante encontro em Salvador com empresários de diversos segmentos da economia baiana, que seu governo manterá o diálogo permanente com o setor produtivo. “Uma coisa é certa: quanto menos o Estado interferir nos negócios, melhor. Mas, quando o Estado for chamado ou quando perceber que precisa atuar, o Estado não pode se ausentar. Temos sempre que ter a coragem de sentar na mesa para dialogar”, defendeu Jerônimo. O encontro também teve a presença do candidato a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB), dos senadores Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar, este último candidato à reeleição.

Os representantes dos diversos segmentos da economia, a exemplo do comércio, da indústria de laticínios e da avicultura, reconheceram a atuação do Governo do Estado nos últimos 16 anos e aproveitaram a oportunidade para parabenizar o ex-governador Jaques Wagner pela mudança de paradigma na economia baiana. "A obrigação do setor público é fazer o trabalho social e não há melhor trabalho social que a geração de emprego, renda e trabalho remunerado", afirmou o senador Jaques Wagner ao reforçar a importância de manter o diálogo permanente com o setor produtivo.

Na reunião, Otto Alencar, candidato à reeleição na chapa de Jerônimo e Geraldo, afirmou que "o setor primário precisa de incentivo muito grande do Governo do Estado" e estimulou que o diálogo permaneça após a vitória de Jerônimo nas eleições de outubro.

O presidente do Sindicato das Indústrias de Laticínios, Paulo Cintra, destacou o diálogo que conseguiu manter com o Governo do Estado a partir da gestão de Wagner e demonstrou confiança no trabalho que Jerônimo poderá realizar a partir de 2023, pois o ex-secretário da Educação e do Desenvolvimento Rural "tem muito conhecimento" e "sabe da importância do setor para a geração de emprego" na Bahia.

Nenhum comentário: