Jequié: Vereadores de oposição não compareceram na sessão para tomar R$ 25 milhões de empréstimo do BB

Publicidade

quarta-feira, 3 de agosto de 2022

Prédio da Biblioteca Central ganha mais valor imobiliário, grande empreendimento chegando



Segundo informações, o espaço, onde por décadas funcionou o Ginásio Jequié, também conhecido como Ginásio do Padre, e depois o Centro Educacional Ministro Spínola (CEMS), foi adquirido pelo casal de ex-alunos Ivone e José Carlos de Almeida. Conhecidos pelo espirito empreendedor, o casal é responsável por duas das mais modernas indústrias da Bahia: Petyan Alimentos e Totalflex Embalagens.

O Blog www.jequieeregiao.com do jornalista Souza Andrade  flagrou maquinários operando no serviço de limpeza do terreno, onde, por certo, nascerá mais um importante empreendimento na cidade.

Entretanto, o prédio que funciona o Biblioteca Central Niwton Pinto, que o prefeito de Jequié quer vender a preço de "galinha morta", passou a ganhou ainda mais valorização imobiliária. O local pode abrigar qualquer setor da prefeitura, oferecendo ao cidadão facilidade de acesso aos aparelhos da prefeitura de Jequié,  que vem pagando altíssimos alugueis em prédio de terceiro.

Segundo informações, a área pode ser utilizada para construção de um Shopping.  



Um comentário:

Benedito Freire Sena disse...

Todos estamos felizes com desenvolvimentos que torna Jequié uma grande cidade . A questão é que não vemos no contexto desenvolvimento com relação a venda do prédio e consequentemente o desmanche da biblioteca a palavra investimento ,investir nas pessoas , no acesso da população mais fragilizada economicamente principalmente os jovens á cidade, á cultura , á educação Além disso aquele prédio , o Museu , o Casario Nestor Ribeiro , Casa da Cultura , Catedral , Casa dos Lomantos , Cine Auditorium, primeira Igreja ,Batista , Biblioteca , Mercado Municipal fazem parte da nossa história , memória , ou isso não tem valor ? Temos passado , presente , futuro , somos um povo , temos nossa Aldeia , nossos heróis , nossa gente jovem precisando de Cultura e educação , assistimos toda semana a morte de vários deles nos bairros . E para terminar e não aparecer os Diegos se nome dando piadinha em decorrência da nossa ligação com governos anteriores desrespeitado nossa luta , no frontispício , na fachada , na frente daquele prédio o nome do Dr. Newton Pinto de Araújo .Ali é a biblioteca do sonho dos Jequienses , correndo o risco de ser demolida e torrada a preço de um tostão em nome do ( desenvolvimento )$$$$$$$$$