Programa "Morar Melhor" inicia reforma de mais uma casa na Rua Nestor José dos Santos em Jitaúna

Publicidade

quinta-feira, 22 de setembro de 2022

Projeto de Lei 73/2022 do vereador Walmiral Marinho ganha repercussão positiva e negativa em Jequié

 

Uma entrevista sobre cão feroz ganhou repercussão nas redes sociais e no www.zeniltonmeira sobre a Lei 73/2022 de autoria do vereador Walmiral Marinho, ele justifica que os animais de grande e médio porte tem que a partir da Lei, caso, sancionada pelo prefeito Zé Cocá, sejam obrigados a usarem equipamentos de segurança a exemplo de focinheira, corrente e estrangulador, quando os tutores forem passear com cães e cadelas (de grande e médio porte), pelas rua do Município de Jequié. 
A leitora e seguidora do BZM, Jany Viana Neiva, não concorda com o projeto de Lei do vereador. "Zenilton Meira, bom dia! Olha a situação dessa cadela de rua que invadiu minha garagem pedindo socorro. E esse vereador Walmiral Marinho vem se aparecer em cima de uma tragédia e puxando o coro de toda a Câmara de Vereadores propondo uma Lei que já existe desde 2011 e deveria ser fiscalizada, Lei 2140. O que tem que ser proposto é acabar com essa situações iguais à desse animal da foto aí. Eu tô tendo que fazer vaquinha e vender rifa para cuidar dela, enquanto a Câmara de Vereadores brinca de decalcar lei que já está em vigor e faz palanque em cima de tragédia infantil", disse.

Um comentário:

Vip Home Designer disse...

A leitora tem toda razão, nós membros de ONG's conhecemos bem essa realidade! o vereado deveria buscar leis pra ajudar as ONG's a cumprir um papel que é do poder público, por que a causa animal é também uma questão de saúde pública!