Joaquim Caíres quer marcação e agendamentos de exames e consultas por meio digital na rede de saúde

Publicidade

quarta-feira, 12 de outubro de 2022

População aguarda os R$ 40 milhões de retorno, com R$ 4,4 milhões gasto no São João 2022 em Jequié

População aguarda os R$ 40 milhões de retorno, com R$ 4,4 milhões gasto no São João 2022 em Jequié

O prefeito Zé Cocá, justificou na época, que os gastos no São João 2022, teria um retorno nos cofres da Prefeitura de Jequié de mais de R$ 40 milhões.  Até o momento, não foi demostrado nenhum acréscimo que visualizasse um superavit nas contas da prefeitura, depois do período junino. 

O secretário de Cultura e Turismo Domingos Ailton, esteve recente na Câmara Municipal de Jequié prestando contas do São João 2022, atendendo a lei municipal que estabelece a obrigatoriedade da prestação de contas dos gastos públicos. Demostrando um investimentos de R$ 4,4 milhões gastos na festa, Porém, não explanou sobre o retorno financeiro tão propagado na justificativa para os investimentos.

Segundo o secretário, o evento teve mais de 100 apresentações musicais, nos 13 dias da sua realização, que se iniciou no dia 14/06 com a Vila Junina na Praça Ruy Barbosa, e entre os dias 23 e 26/06 passou a contar com o palco principal na Praça da Bandeira.

Ele frisou que segundo informações da Polícia Militar, somente nos últimos 4 dias dos festejos, o circuito recebeu um público estimado em 307.200 pessoas. Jequié tem uma população de 156.126 (IBGE 2020).

Os gastos com a festa de R$ 4.4 milhões, inicialmente orçada em R$ 3.8 milhões foram questionada por entidades civis do município, que cobram direitos trabalhistas e principalmente a aposentadoria de seu efetivo que há três anos não acontece pelo IPREJ-Instituto de Previdência de Jequié e atualmente do reajuste para os funcionários comunitários de Saúde e Endemias por meio da Emenda Constitucional 120.

2 comentários:

Benedito Freire Sena disse...

No futuro , quem sabe um dia , a população elegerá um gestor,
sensível , e culto para reconstruir o São João . Fará da Vila Junina uma Casa de Reboco Gonzaguiana, e as escolas municipais voltarão a praça com motivos genuinamente nordestinos . No máximo uma atração criada pela indústria do entretenimento , muita comida típica .xote , baião e xaxado . Uma política ousada para salvaguardar a nossa tradição .A disputa não será eleitoreira porque o gestor escolhido será um homem sábio com nobres finalidades culturais e educacionais . Espero que Deus me conserve encarnado pra vivenciar Vamos conservar a esperança ,não há outra saída



Benedito Freire Sena disse...

Um ser humano sábio melhor dizendo, não importa o sexo . Precisamos cuidar para que tenhamos um olhar diferente do que foi a festa de 2022 porque o que o que escapa dos bastidores , ruídos ,andar da carruagem é só politicagem . A biblioteca , o passar de tintas no museu e no cine Auditorium que apelidaram de teatro , palácio das artes , está mais do que óbvio